Ads

O desenvolvimento de sistemas e aplicativos é um processo complexo, requer uma infinidade de tarefas, incluindo codificação, design e teste. Imagine o tempo que você irá gastar para cada etapa do seu projeto; quanto tempo você levará para montar as telas, a criar as rotinas básicas de navegação e interação do sistema para então programar as regras e pontos mais críticos? Sem dúvidas, muito tempo se você começar a desenvolver tudo do Zero.

Agora imagine que parte destas etapas iniciais de desenvolvimento já estejam prontas de modo que você ganhe mais tempo para focar na programação mais crítica e testes do sistema, sem dúvidas o seu trabalho se tornará muito mais produtivo, estamos certos disso!

Ao utilizar um framework você não precisará começar do zero. Um framework é conjunto de ferramentas projetadas para ajudá-lo em seus projetos, principalmente nas etapas iniciais.

Vantagens de usar um framework

  • Auxilia no estabelecimento de melhores práticas de programação e no uso adequado de padrões de design
  • Código é mais seguro pois é testado por várias usuários, engenheiros de softwares e desenvolvedores do mundo inteiro.
  • Código duplicado e redundante pode ser evitado.
  • Ajuda a desenvolver código consistente com menos bugs
  • Facilita o trabalho com tecnologias sofisticadas.
  • Pode-se criar sua estrutura de software ou contribuir para estruturas de código aberto. Portanto, há uma melhoria contínua na funcionalidade.
  • Vários segmentos de código e funcionalidades são pré-construídos e pré-testados. Isso torna os aplicativos mais confiáveis
  • Testar e depurar o código é muito mais fácil e pode ser feito até mesmo por desenvolvedores que não possuem o código
  • O tempo necessário para desenvolver um aplicativo é reduzido significativamente.

Framework é o mesmo que biblioteca?

Existem também as bibliotecas que muitas vezes se confundem com os frameworks, quanto na verdade são recursos diferentes. As bibliotecas, assim como os frameworks são um conjuntos de ferramentas prontas para uso e facilitam muito o desenvolvimento, a diferença é que as bibliotecas nós costumamos chamá-las dentro de nosso código e manipula-las, já os frameworks o processo é inverso, nós chamamos primeiro a execução do framework para depois chamarmos o nosso código, ou seja, nosso código passa a depender exclusivamente do framework.

Vamos para um exemplo prático; Bootstrap é considerada uma biblioteca CSS pois nossas páginas HTML não dependem dele exclusivamente para funcionar, no entanto, o mesmo acontece com o jQuery, uma biblioteca de códigos JavaScript, na qual as minhas páginas também não dependem dele exclusivamente para funcionar, mas o mesmo não ocorre por exemplo com o Laravel, um conjunto de códigos PHP que facilitam a criação de templates, uma vez que eu implemento o Laravel em meu projeto eu dependo parcialmente dele, ou em alguns casos dependo totalmente dele para que a minha aplicação PHP possa funcionar bem.

Exemplos de Frameworks

Ads

Anderson Oliveira

Anderson Oliveira é desenvolvedor, escritor e docente no CEETPS - Centro Estadual de Educação Tecnologia de São Paulo. Atualmente trabalha na Administração Central do CPS e leciona aulas de programação na Etec Prof. Carmine Biagio Tundisi de Atibaia.